17 de maio de 2020

APÓS MAIS DE 31 MIL MORTOS, ITÁLIA VAI LIBERAR COMÉRCIO NA SEGUNDA E REABRIR FRONTEIRAS NO DIA 03

A Itália irá reabrir as fronteiras com a União Europeia a partir de 3 de junho e vai suspender o isolamento obrigatório de 14 dias para visitantes estrangeiros. 




As medidas foram anunciadas neste sábado (16) após a reunião do Conselho de Ministros – que durou cerca de 10 horas e foi presidida pelo chefe de governo Giuseppe Conte. Elas poderão ser revistas com base no "risco epidemiológico", ou seja, caso haja aumento no número de registros de infecção. 




A restrição de circulação havia sido adotada para tentar conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. Até as 10h30 deste sábado, a Itália registrava 233,8 mil casos confirmados da doença e 31,6 mil mortes, de acordo com o balanço da universidade norte-americana Johns Hopkins. 





"A abertura das fronteiras italianas aos cidadãos europeus não apenas favorece o turismo, como também salva as colheitas com o retorno de cerca de 150 mil diaristas de Romênia, Polônia e Bulgária", disse um dos principais sindicatos agrícolas, o Coldiretti. 




O turismo é um dos principais setores da economia italiana e contribui para algo em torno de 13% do PIB.

0 comentários:

Postar um comentário