10 de outubro de 2019

SÉRGIO CABRAL É CONDENADO PELA 12ª VEZ E PENA CHEGA A 267 ANOS DE PRISÃO

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) foi condenado a mais 33 anos, 3 meses e 13 dias de prisão. É a 12ª condenação dele na Lava Jato. Somadas, as penas chegam a 267 anos. 




Esta denúncia trata de recebimento de propina da Odebrecht, no valor de US$ 3 milhões. A acusação diz que Cabral recebeu o valor através de uma empresa de fachada no exterior, em troca de benefícios à empreiteira nas obras realizadas pelo poder público. 




Em nota, o ex-governador informou que vai recorrer e que vai manter a "postura de auxiliar as autoridades". 




Nesta ação penal, segundo o advogado Márcio Delambert, Cabral não chegou a ser reinterrogado e ainda era atendido por outro advogado. Até então, ele não havia confessado o recebimento de propina.

0 comentários:

Postar um comentário