16 de março de 2019

DELEGADO ENCERRA INVESTIGAÇÃO SOBRE MORTE DE ALUNO DO IFRN EM PARELHAS E INDICIA SUSPEITO PRESO POR LATROCÍNIO

A Polícia Civil concluiu nesta sexta-feira (15) o inquérito da morte do estudante Claudimar Jefferson da Silva Melo, de 17 anos. Aluno do curso de Informática do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), o adolescente foi assassinado em setembro do ano passado na zona rural de Parelhas, na região Seridó potiguar. Segundo o delegado Alex Wagner, um suspeito de 30 anos foi indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte). 






"O processo será encaminhado ao Ministério Público, que já nos próximos dias deve denunciar o suspeito à Justiça”, confirmou o delegado.





O corpo de Claudimar foi encontrado carbonizado no dia 25 de setembro. "Teve um disparo na cabeça e o corpo foi queimado em pneus. Ele havia sido visto pela última vez com vida três dias antes, ao sair de casa em uma motocicleta. “O veículo e o telefone celular do estudante foram roubados, o que caracteriza o crime como latrocínio. Localizamos o aparelho celular e depois chegamos ao autor do crime, que havia sido preso por homicídio um mês depois da morte do estudante”, acrescentou o delegado. 





Ainda de acordo com Alex Wagner, apesar de o inquérito ter sido concluído, ele segue apurando o caso, já que existe a possibilidade de participação de um adolescente no crime. “Este adolescente teria levado o Claudimar até o local onde ele foi morto. Porém, este garoto está sendo investigado em outro procedimento”, concluiu. 




Fonte: G1/RN.

0 comentários:

Postar um comentário