28 de fevereiro de 2019

CONDENADA A 13 ANOS DE PRISÃO, MULHER É PRESA 17 APÓS MATAR O PRÓPRIO MARIDO NO RN

Uma equipe de policiais da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) deu cumprimento, nesta quarta-feira, 27, a um mandado de prisão em desfavor de Shirley Araújo de Lima Costa, 51 anos. 




Ela foi condenada a 13 anos de prisão por ser mandante do homicídio do então companheiro, o psicanalista João Jorge Filho, em maio de 2002. 




De acordo com as investigações, a mando de Shirley, o caseiro Clodoaldo Ribeiro efetuou disparos de arma de fogo na cabeça do médico, e depois abandonou o corpo em um canavial na comunidade Vila Flor, no município de Canguaretama.






Do Blog: Dos 13 anos de prisão, em tendo um bom comportamento (o que não teve antes), irá passar pouco mais de 4 anos presa, e será beneficiada pela "bendita" progressão de pena. Matar no Brasil é "um bom negócio"!

0 comentários:

Postar um comentário