31 de janeiro de 2019

JOVEM É MORTO A TIRO APÓS TENTAR AGREDIR POLICIAIS COM FACÃO NO SERIDÓ POTIGUAR

Com várias passagens pela polícia, por tráfico de drogas, porte ilegal de arma e uma pela lei Maria da Penha, por agredir a companheira, todas no MT, onde nasceu e foi criado, Carlos Calixto Silva, de 26 anos, que atualmente morava com os pais em um sítio no município de Florânia, foi morto a tiro, ao investir contra os policiais, que foram à sua procura, pela suspeita de que o mesmo havia roubado uma moto no dia anterior. O fato aconteceu nesta quarta-feira, (30).




 



Ao ser abordado, o acusado atacou os policiais com um facão, que em legítima defesa, reagiu à tiros, matando o mesmo. "Agi com prudência e dentro da legalidade, nosso objetivo maior era prendê-lo, mas não teve como", Diz Cabo Graco, que foi ferido no peito, e atirou.

0 comentários:

Postar um comentário