30 de janeiro de 2019

ARTESANATO DE JARDIM DO SERIDÓ ATRAI UNIVERSIDADES DA PARAÍBA E DE SÃO PAULO

O Seridó mantém uma tradição de qualidade nos trabalhos manuais. Uma prova disso é a procura pelo artesanato da região. Em Jardim do Seridó, os artesãos têm se destacado e chamado atenção até em outros estados. Professores e alunos dos estados da Paraíba e de São Paulo visitaram o Espaço do Artesanato Jardinense nesta terça-feira, 29 de janeiro.









Na oportunidade, o grupo conversou com as artesãs sobre produção e confecção dos seus produtos. A equipe está desenvolvendo um projeto que traz o artesanato e a produção têxtil da região Seridó como tema.









Jacob Lima professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Edvaldo Alves professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Roseli Corteletti professora da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), juntamente com os alunos Felipe Rangel da UFSCAR e Kerilin Chang da UFCG, ficaram encantados com as peças decorativas e utilitárias em bordado, produzidas pelas artesãs jardinenses.





"Os seridoenses têm um capricho, um amor pelo que fazem. Talvez isso explique porque o artesanato faz tanto sucesso. Podemos constatar que as artesãs juntam amor e valor agregado nos produtos", disse a professora Roseli.

0 comentários:

Postar um comentário