9 de novembro de 2018

RN VOLTA DE LONDRES COM PERSPECTIVA DE MAIS DOIS VOOS INTERNACIONAIS

Uma dos importantes eventos internacionais de turismo na Europa se encerrou essa semana com resultados expressivos para o futuro desta que é a principal atividade econômica do Rio Grande do Norte. Uma proposta para operação de dois voos vindos de Estocolmo, na Suécia, e de Oslo, na Noruega, será enviada nos próximos dias à secretaria estadual de Turismo para concretizar o pré-acordo feito durante a World Travel Market de Londres, na Inglaterra.









 
Tivemos uma reunião produtiva com a gerente sênior de contas da Tui, Marie Vadeplassche e firmamos um acordo nos mesmos moldes da captação conseguida junto à companhia aérea Corendon para os dois voos da Holanda para Natal no próximo ano. Eles ficaram de enviar a proposta que inclui uma contrapartida ao Estado, com recursos do Governo Cidadão. Em troca, deixarão algo em torno de U$ 7 milhões ou quase R$ 30 milhões no cofre estadual durante as 25 semanas que irão operar esta rota”, comemorou o secretário estadual de Turismo, Manuel Gaspar.




 
A Tui é hoje uma das principais empresas do segmento turístico do mundo, com sedes em pelo menos sete países europeus. Para o secretário, essa contrapartida será mínima se considerado os milhões arrecadados com o fluxo turístico trazido por esses voos ao Estado potiguar. “E esses voos podem incentivar outras companhias europeias a reabrir sua malha aérea para nosso Estado. Então, nossa participação na WTM, viabilizada pelo apoio da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-RN), se mostrou extremamente benéfica ao RN”, ressaltou.




 
PARIS / NATAL
 
Outra novidade advinda da participação do Governo do Estado na WTM Londres foi uma parceria da Tui França com a Gol Linhas Aéreas/Air France para uma frequência de voos interligando Paris a Natal, entre os meses de janeiro a outubro de 2019. “A Tui comprou 16 assentos deste voo para trazer o turista francês a Natal neste período de dez meses, entre janeiro e outubro. Será outro mercado que nos abrirá as portas no próximo ano”, concluiu o secretário.
 

0 comentários:

Postar um comentário