24 de setembro de 2018

COMOÇÃO MARCA ENTERRO DE MENINOS DE 1 E 3 ANOS RAPTADOS E MORTOS PELO PRÓPRIO PAI EM SP

As crianças Gustavo Santos, de 3 anos, e Bernardo Alves, de 1 ano, que foram raptadas pelo pai Raí Santos, de 23 anos, e encontradas mortas em um matagal próximo ao bairro Parque das Árvores, zona rural de Boituva (SP), foram enterradas na tarde domingo (23), no Cemitério da Saudade. 




Os caixões chegaram ao Velório Municipal de Boituva por volta das 13h e foram recebidos sob forte comoção. Uma das tias dos meninos desmaiou no momento em que os caixões chegaram.




O velório durou cerca de 30 minutos e foi acompanhado somente pela família e funcionários da escola onde os dois meninos estudavam.




Raí Santos, pai dos meninos, também foi enterrado neste domingo. O horário do enterro do rapaz não foi divulgado e também não houve velório por questões de segurança. 





A Guarda Civil Municipal fez a escolta do carro funerário, já que moradores, revoltados com o crime, ameaçaram depredar o caixão. A família de Raí acompanhou o enterro. 





Raí e os filhos, Gustavo Santos, de 3 anos, e Bernardo Alves, de 1 ano, foram encontrados mortos em um matagal próximo ao bairro Parque das Árvores, zona rural de Boituva (SP), neste sábado (22). O rapaz estava sumido com as crianças desde quinta-feira (20), após pegar os filhos na creche e fazer ameaças à ex-mulher. 


Fonte: G1/SP.

0 comentários:

Postar um comentário