9 de junho de 2018

AGRICULTOR DE 80 ANOS É 'DESAFIADO' E FAZ PERCURSO DE 1,2 MIL KM A PÉ DO MARANHÃO AO CEARÁ

Acostumado a uma vida de "tarefas pesadas" e superação dificuldades, Edílson Lima Azevedo aceitou aos 80 anos o desafio de viajar a pé de Amarante, no Maranhão, para Fortaleza, no Ceará, um percurso de quase 1,2 mil quilômetros. Ele deu entrevista quando fez uma pausa em Forquilha, no Ceará, a cerca de 200 quilômetros da capital cearense. 









"A meta é estar em Fortaleza em 15 de junho. Como eu saí em 1º de maio, calculei que eu chegava no prazo fazendo 25 quilômetros por dia, mas eu achei esse desafio fácil e estou andando mais de 30 [quilômetros por dia], já fiz até 37 quilômetros entre uma manhã e uma tarde", conta. 





A motivação para a jornada foi o desafio de um amigo, conta o agricultor. "Eu já tinha feito uma caminhada de 110 quilômetros e queria algo maior, mais desafiador, aí um amigo desafiou eu ir a pé até o Ceará, minha terra natal. Ele ainda disse que, se eu fosse, ele me acompanhava. Quando foi no dia da partida, em 1º de maio, ele não foi pro local marcado e vim sozinho, como tinha prometido.





Edílson conta que sempre foi acostumado a desafios, teve uma vida difícil e atividades árduas desde a infância. "Essa caminhada nem é o desafio mais difícil que eu tive; quando era criança, com 10 anos, plantei uma roça sozinho: limpei o terreno, plantei e colhi", conta.  






Para seguir na jornada, ele recebe ajuda de pessoas com quem faz amizade durante a viagem. Em alguns casos, janta e dorme na casa de quem oferece apoio. Ele também conta com o suporte de um amigo em uma motocicleta, que garante alimentação no meio do caminho entre cidades mais distantes.



Fonte: G1/CE.


0 comentários:

Postar um comentário