24 de janeiro de 2018

POESIA DO PRIMO POETA; 'A SINA DO BACURAU'

A sina do bacural
É apelar por sentença
E procurar malquerença
Em época de carnaval.
O bloco é ilegal
Uma cópia ficha suja,
Nem prá servir de lambuja
Ivete não liberou...
Toda ninhada gorou
E não vai ter mais coruja.

0 comentários:

Postar um comentário