19 de julho de 2017

“HERANÇA MALDITA”! DÍVIDA DE CONSIGNADOS DEIXADA POR EX-PREFEITO COMEÇA A SER PAGA PELA PREFEITURA DE SANTANA DO SERIDÓ

Em um ato de improbidade administrativa, por apropriação indébita, em sua “gestão, o então prefeito de Santana do Seridó, Adriano Gomes, “Dril”, descontava os valores dos empréstimos consignados dos servidores, mas não pagava aos bancos, e agora a atual gestão começou a pagar à Caixa Econômica Federal, R$ 126.939,05 (cento e vinte e seis mil, novecentos e trinta e nove reais, e cinco centavos), após acordo de parcelamento.
 
 
Cumprindo o acordo de parcelamento, a atual gestão pagou R$ 25.651,79 (vinte e cinco mil, seiscentos e cinquenta e um reais, e setenta e nove centavos), mais a Taxa SELIC, restando 5 parcelas no valor de, R$ 21.156,51, (vinte e um mil, cento e cinquenta e seis reais, e cinquenta e um centavos), à serem pagas em agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2017.
 
 
Ademais, vale salientar que, essa dívida é somente da CEF, faltando ainda negociar as dívidas deixadas juntas ao bancos do Brasil e Bradesco, que chegam ao total de R$ 65.00,00 (sessenta e cinco mil reais).
 
 
Se não bastasse tudo isso, os servidores que tiveram os valores descontados, mas que o então prefeito “sumia” com o dinheiro, e não pagava aos bancos credores, ainda passaram pelo constrangimento de receberem notificados como devedores, inclusos no SPC SERASA.
 
 
Esse dinheiro deveria servir para ser usado em prol da população de Santana do Seridó, mas estamos pagando os desmandos do ex-gestor”, lamentou o prefeito Hudson Brito.
 
 
Do Blog: Aqui se mostra a verdade de verdade. Doa a quem doer!

0 comentários:

Postar um comentário