4 de maio de 2017

PREFEITOS VÃO GRITAR EM PLENA PRAÇA DO MEIO DO MUNDO POR UM NOVO PACTO FEDERATIVO

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), a Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO) e a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (FAMUP) mobilizam prefeitos potiguares e paraibanos para a manifestação marcada para essa sexta-feira, 05, às 09 horas, na Praça do Meio do Mundo,  a 35 km de Campina Grande, entre a BR 230 e a BR 412.
 
 
 

 
 
 
 
Segundo a prefeita de Equador e presidente da AMSO, Noeide Sabino, o “Grito dos Prefeitos na Praça do Meio do Mundo” tem como objetivo chamar atenção do governo federal e dos cidadãos para a crise enfrentada pelos municípios brasileiros. “Vivemos uma das piores crises.  O dia a dia no município está sendo priorizar as prioridades. Como ficam as áreas de saúde, educação, social e tantas outras com as quedas constantes de recursos?”, comenta a prefeita.  Noeide explica e conta com o reforço do prefeito de Parelhas, Alexandre Petronilo, e de Santana do Seridó, Hudson Pereira, que houve aumento de salário mínimo, piso de professores e os recursos oriundos da União não acompanham esses aumentos. E a população cobra de seus gestores mais qualidade nos serviços e com isso há uma frustração por parte da população dos municípios. “Precisamos gritar para que tanto a população como o governo federal atentem que essa situação chegou ao seu limite e precisamos de decisões concretas por parte do governo em relação aos repasses, aumento dos recursos da merenda escolar, Estratégia Saúde da Família, repatriação. Precisamos de um novo pacto federativo”, afirma Noeide Sabino
 
 
 
    
De acordo com o presidente da Famup, Tota Guedes, o objetivo do evento é informar os cidadãos sobre a crise na administração municipal vivenciada pelas prefeituras. “A ideia é chamar a atenção da população para a crise dos municípios da PB e RN, as dificuldades da administração municipal e a necessidade de um novo pacto federativo", afirmou.
 
 
 
 
 
 
 
 
Segundo a Famup, o evento se dará de forma pacífica, com distribuição de panfletos e sem interdição das rodovias. 50 prefeitos do Rio Grande do Norte já confirmaram que irão participar do manifesto.
 
 
 
 
 
Ainda conforme a coordenação do evento, os prefeitos entregarão às autoridades competentes o documento denominado “Carta do Meio do Mundo”, com as reivindicações dos gestores dos dois estados.

0 comentários:

Postar um comentário