29 de março de 2017

SUSPEITO DE MATAR FAMÍLIA NO RJ TERIA TENTADO ESFAQUEAR MULHER 6 DIAS ANTES

Segundo informações da Polícia Civil, Jorge Evagenlista, de 52 anos, suspeito de matar a mulher e os três filhos nesta terça-feira (28) em Petrópolis, Região Serrana do Rio, tem histórico de agressões. De acordo Renato Rabelo, investigador da 7ª Delegacia de Polícia Administrativa (DPA), na quinta-feira (23), o homem teria tentado esfaquear a mulher Luciana Evangelista, de 33 anos.
 
 
 
 
 
 
 
 
Na lista de anotações criminais também constam uma lesão corporal com socos e pontapés no ano de 2005, dentro de um bar. Em 2006, foi detido por não pagar pensão alimentícia e, em 2015, segundo a polícia, voltou a agredir uma pessoa com socos e pontapés dentro de um supermercado no bairro Quissamã.
 
 
 
 
 
Jorge continua foragido e equipes do Serviço Reservado (P2) e da Polícia Civil estão em diligência no bairro Caxambu, onde o suspeito foi visto pela última vez após o crime. Segundo informações da Polícia Civil, a sogra do suspeito contou que o homem não aceitava a separação. Ele atirou na cabeça de Luciana Evangelista, de 33 anos, e fez o mesmo com os filhos Wesley, Emili e Evelyn, de 13,10 e 8 anos.  
 
 
 
 
 
 
Logo em seguida, o homem incendiou a casa onde a família morava. A sogra, que também foi baleada, segue internada no Pronto Socorro do Alto da Serra e ainda não há informações sobre o estado de saúde dela. Ele, primeiro, teria atirado nas crianças que estavam em uma casa. Depois, se dirigiu à casa da sogra, onde estava a mãe das crianças.
 
 
Fonte: G1/RJ.

0 comentários:

Postar um comentário