26 de março de 2017

SERVIDOR QUE ATIROU EM PROCURADOR E PROMOTOR NO RN SE ENTREGA À POLÍCIA

Guilherme Lopes chegou ao Quartel do Comando da Polícia Militar pouco antes das 13h deste sábado (25). O funcionário do Ministério Público do Rio Grande do Norte, que se entregou à polícia esta manhã, era procurado desde a sexta-feira, (24) por atirar contra um procurador e um promotor dentro da sede do MP em Natal.
 
 
 
 
O criminoso foi escoltado pelo delegado-geral da Polícia Civil, Claiton Pinho, na viagem de carro do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) até o Comando da PM. Promotores de Justiça também estiveram no quartel.
 
 
 
 

Guilherme Lopes entrou armado em uma reunião onde estava o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, e seus auxiliares, na manhã da sexta.
 
 
 


A exoneração de Guilherme do cargo de "assessor jurídico ministerial dos serviços auxiliares de apoio administrativo do Ministério Público, com efeitos a partir do dia 24", foi publicada no Diário Oficial do estado neste sábado, (25).

0 comentários:

Postar um comentário