9 de dezembro de 2016

SISTEMA DE CONTROLE DE ABASTECIMENTO DE VIATURAS DA POLÍCIA DO RN ECONOMIZA QUASE 1 MILHÃO DE REAIS EM POUCO MAIS DE 5 MESES

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) implementou um rigoroso Sistema de Controle de Abastecimento, que visa diminuir os gastos de combustíveis das viaturas. Desde que foi colocado em prática, em junho de 2016, o sistema gerou uma economia de mais de 278 mil litros, correspondendo a uma redução de gastos para o Estado de quase R$ 900 mil.
 
 
 
 
Todo idealizado e desenvolvido pela equipe de sistemas da Sesed, comandada pelo major Kleber Macedo, o sistema não teve ônus algum para o Estado. Através dele, a frota do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) foi ‘bloqueada’ e só é liberada para abastecimento após cumprir uma série de requisitos.
 
 
 
 
Uma viatura operacional, por exemplo, só pode abastecer no dia seguinte se ficar, pelo menos, oito horas à disposição do Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), ou seja, disponível para atender ocorrências. Não atendendo esse requisito, a viatura não abastece, mesmo indo até o posto”, explicou o major.
 
 
 
 
O secretário estadual de Segurança Caio Bezerra adiantou que nas próximas semanas o programa também estará funcionando no interior do estado.
 
 
 
 
Nesta quinta-feira (8), o sistema foi apresentado para outras secretarias em reunião que ocorreu no Gabinete Civil do Estado. Após a demonstração feita pelo major Macedo, a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, elogiou o trabalho desenvolvido pelos militares e disse que o projeto será levado para outras pastas.

1 comentários:

Apesar de tudo o sistema continua com gastos superfaturados. Por exemplo. Hoje em dia uma viatura tem que se deslocar de Parelhas para Caicó ou Currais Novos para abastecer em uma rede de postos que tem 3 estabelecimentos em Parelhas, gerando assim um custo de 120km de percurso e deixando a cidade sem essa viatura e sem os policiais por um bom tempo.

Postar um comentário