8 de dezembro de 2016

GOVERNO ESTUDA CRIAR EVENTO TURÍSTICO ANUAL EM TORNO DO CAMARÃO

Potiguar quer dizer "comedor de camarão". Então, por que não explorar este crustáceo delicioso e que tem a nossa cara? A presidente da Emprotur, Aninha Costa, esteve reunida na sede do Sebrae/RN com entidades e técnicos para discutir a construção de um evento gastronômico anual em torno do camarão. A intenção é atrair turistas em um mês fixo do calendário cultural de Natal.
 
 
 
 
 
 
 
 
Outros estados exploram seus potenciais culturais e nós podemos fazer isso também. O camarão é apreciado no mundo todo, temos essa tradição gastronômica e até etimológica para pensar em um modelo de evento, com atrações paralelas, que atraia o turista para nosso Estado”, sugeriu o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.
 
 
 
 
Outra ideia da presidente da Emprotur é resgatar a realização do Festival Nacional do Camarão (Fenacam) em Natal. “O Fenacam é considerado hoje o maior evento de aquicultura do continente americano. Vai para a décima terceira edição e o Rio Grande do Norte, que sediou por anos, perdeu para Fortaleza há cerca de três anos”, lamentou.
 
 
 
 
Aninha Costa também já levantou a possibilidade, junto a empresários, de formar um circuito turístico do camarão, para levar o turista a conhecer toda a cadeira que envolve a criação do camarão, com breves apresentações históricas e degustação. “Isso já é feito em outras cidades, seja com o circuito do chocolate, do vinho. Então podemos fazer com nosso camarão, também”.
 
 
 
 
 
Participaram da reunião também o presidente e a engenheira de pesca da Associação Brasileira de Criadores de Camarão, Itamar Rocha e Larissa Mendonça; o presidente da Associação Norte-rio-grandense de Criadores de Camarão, Orígenes Monte; e ainda as secretárias executiva e administrativa da ANCC, Élida de Barros e Verlane Ferreira; e os técnicos de mercado do Sebrae/RN, Maiza Pinheiro Dantas e Marcelo de Oliveira Medeiros.

0 comentários:

Postar um comentário