11 de novembro de 2016

PF REALIZA 2ª FASE DE OPERAÇÃO CONTRA GRUPO DE EXTERMÍNIO FORMADO POR PMS ACUSADOS DE MAIS DE 100 MORTES

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (11) a segunda fase da Operação Sexto Mandamento, que investiga um grupo de extermínio formado por policiais militares, a maioria de Goiás. A suspeita é de que o grupo tenha feito mais de cem vítimas. Ao todo, são cumpridos 39 mandados de prisão – 11 deles contra PMs. Entre os alvos estão membros do atual comando da Polícia Militar de Goiás e advogados.
 
 
 
 
 
 
 
A primeira fase da operação ocorreu em 2011, depois de um ano de investigação. Entre as vítimas estavam crianças, adolescentes e mulheres sem qualquer envolvimento com crimes.
 
 
 
 
Na época, 19 PMs foram presos, incluindo o tenente-coronel Ricardo Rocha. Preso por quatro meses, o policial foi solto no mesmo ano e passou a atuar na área administrativa. Em 2014, ele foi a júri popular pela morte de Marcelo Coka da Silva, ocorrida dez anos antes.
 
 
 
 
Segundo as investigações, o grupo tinha como principal atividade a prática habitual de homicídios com a simulação de que os crimes haviam sido praticados em confrontos com as vítimas. Alguns dos crimes foram praticados durante o horário de serviço e com uso de carros da PM, de maneira clandestina e sem qualquer motivação, de acordo com a Polícia Federal.
 
 
Fonte: G1/DF.

0 comentários:

Postar um comentário