24 de novembro de 2014

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA PODE LEVAR À CASSAÇÃO DO PRESIDENTE DA CÂMARA DE CAICÓ

untitledO vereador Ivanildo do Hospital protocolou nesta segunda-feira, (24), um requerimento solicitando à presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE) um debate com os demais parlamentares e a sociedade civil organizada, tendo como tema central o Portal da Transparência da Câmara Municipal de Caicó. Segundo Ivanildo, há imprecisões nas informações divulgadas.“São dados genéricos, diferentemente como preconiza o TCE”, disse ele.

Outro assunto que promete esquentar a reunião é uma suposta denúncia que o contador do Legislativo teria perdido o prazo exigido pelo TCE, referente ao exercício de 2013, e não enviou as informações sobre pessoal no prazo determinado. De acordo com o vereador Alisson Jackson, tal fato o levou a pedir, "a convocação do contador Joanes Soares Teixeira, também para explicar o não pagamento do INSS dos servidores que ocupam cargos comissionados". O presidente da Casa corre o risco de ser punido e ficar inelegível por oito anos, tendo em vista a suposta prática de improbidade administrativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JOVEM SERIDOENSE MORRE EM ACIDENTE DE CARRO INDO PARA FESTA EM CIDADE PARAIBANA

Uma colisão entre dois carros na noite do último sábado (22), entre Várzea a Santa Luzia tirou a vida da jovem caicoense Nathália Diniz Régi...