16 de setembro de 2012

DEPUTADO SERIDOENSE E PREFEITO DO OESTE AMEAÇADOS DE MORTE RECEBEM PROTEÇÃO DO BOPE

20120915162631255101aO deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) e o prefeito de Assu, Ivan Lopes Júnior (PP) estão sob escolta ininterrupta de equipes do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) desde a última quinta-feira. A medida foi tomada após pedido feito pela Assembleia Legislativa e prefeitura municipal de Assu ao secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha. A requisição foi feita 14 dias após a divulgação feita pela Polícia de que o ex-presidente da Câmara Municipal de Assu, Odelmo de Moura Rodrigues (PSD), como mandante de vários crimes de pistolagem na região do Vale do Açu, encomendara a morte de Nélter Queiroz.


A informação foi confirmada pelo comandante geral da PM/RN, coronel Francisco Araújo Silva. Segundo ele, tanto o deputado quanto o chefe do executivo em Assu entraram com um pedido junto ao gabinete do titular da Sesed na tarde da última quinta-feira, sendo prontamente atendidos. Dessa forma, cada um conta com uma equipe de quatro policiais do Bope em uma viatura fazendo sua segurança pessoal, todos fortemente armados.

A revelação de que Odelmo Rodrigues estaria envolvido com crimes de pistolagem surgiu com sua prisão, dentro da chamada Operação Malassombro, ocorrida no dia 30 do mês passado. As investigações apontam que o vereador teria contratado dois pistoleiros para matar Nélter Queiroz em novembro do ano passado por R$ 50 mil. O delegado Odilon Teodósio, titular da Divisão de Polícia do Oeste e coordenador da operação, afirma, porém, que desconhece terem surgido novas ameaças, inclusive contra o prefeito de Assu, que justificassem o pedido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STF TEM MAIORIA PARA TORNAR JANONES RÉU POR POSTAGENS CONTRA BOLSONARO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira (14) para tornar réu o deputado federal André Janones (A...