13 de janeiro de 2024

PF, POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA CIVIL, PRENDEM SUSPEITO DE ROUBAR POLICIAL FEDERAL NO RN

A Polícia Federal, com apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil, prendeu nesta sexta-feira, (12), na Comunidade Mãe Luiza, Zona Leste de Natal, um suspeito de ter, na madrugada da segunda-feira, (08), praticado assalto com uso de arma de fogo, contra um policial federal, no bairro de Petrópolis, em Natal. As ordens judiciais, um mandado de prisão e quatro mandados de busca e apreensão, foram expedidas pela 14ª Vara da Justiça Federal/RN.

 


Durante a ação, um outro indivíduo que tinha mandado de prisão em aberto, expedido pela 9ª. Vara Criminal de Natal, mas que não teve relação com o assalto, também acabou preso.

 


As diligências iniciadas desde as primeiras horas da ocorrência do fato, resultaram na ação policial  desencadeada. Por ocasião daquele assalto, que foi cometido por três indivíduos armados, em duas motos, os quais interceptaram o carro do policial, sendo este rendido, sem chance de reação e obrigado a descer, os acusados levaram o carro da vítima, a arma da corporação que ele portava, bem como dois telefones celulares.

 


O veículo, já recuperado, foi encontrado pela Polícia Militar, abandonado no próprio bairro onde foi roubado naquela mesma madrugada. As investigações apontam que se trata de uma quadrilha, especializada no roubo de celulares, compra e desbloqueio de aparelhos, roubo de motos, além de compra/venda de armas de fogo.

 


A PF intensifica as investigações e busca recuperar a arma pertencente a corporação, bem como esclarecer a participação dos outros envolvidos no caso. Destacamos ainda que qualquer pessoa pode colaborar, prestando informações que ajudem no combate a esses crimes, sendo sempre mantido o sigilo da fonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...