5 de março de 2023

IGNORAR LISTA TRÍPLICE É VINGANÇA DE LULA CONTRA AÇÃO DO MPF NA LAVA JATO

Faz parte do plano de retaliações do presidente Lula (PT) imitar os antecessores Michel Temer e Jair Bolsonaro e ignorar a lista tríplice de uma entidade de procuradores na escolha do futuro procurador-geral da República. 

 

“Não penso mais em lista tríplice”, disse, contando a lorota de que abandonara o cacoete sindicalista. 

 

Lula adquiriu verdadeiro horror ao Ministério Público Federal, que responsabiliza por sua condenação e os 500 dias de cadeia que cumpriu por corrupção e lavagem de dinheiro. 

 

Lula acha que os procuradores tinham a obrigação de serem camaradas com ele, por haver observado as listas tríplices que eles votavam. 

 

O auge do ódio foi quando procurador Deltan Dallagnol usou o programa Power Point, popular em escolas, para expor falcatruas atribuídas a Lula. 

 

A lista tríplice é até ilegal, como o desembargador federal aposentado Fábio Prieto, hoje secretário de Justiça de São Paulo, sempre sustentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMISSÃO DA CÂMARA DOS EUA APONTA ‘CAMPANHA DE CENSURA NO BRASIL’

A Comissão de Assuntos Judiciários da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, equivalente à CCJ da Câmara brasileira, divulgou nesta quar...