29 de novembro de 2022

"VIVA"! EQUIPE DE TRANSIÇÃO DE LULA TEM 67 INVESTIGADOS E CONDENADOS

A equipe de transição do presidente eleito Lula (PT) tem pelo menos 67 integrantes que já foram investigados pelas autoridades públicas. 

 

A lista envolve quase todos os principais nomes do governo de transição, incluindo Gleisi Hoffmann, coordenadora da Articulação Política e Aloizio Mercadante, coordenador dos grupos técnicos, que são uma espécie de “ministérios” dessa equipe transitória de governo. 

 

O levantamento foi realizado pelo portal R7 e aponta aponta nomes conhecidos como Paulo Bernardo, ex-ministro do Planejamento e das Comunicações dos governos do PT, que foi preso em 2016 durante investigações da Polícia Federal no âmbito da Lava Jato, e outros mais surpreendentes como o advogado de Lula, Cristiano Zanin, que foi investigado na Lava Jato do Rio de Janeiro, em 2020, por suposta participação em desvios no Sistema S. 
 
 

Aloizio Mercadante, ex-ministro da Educação, da Casa Civil e da Ciência, Tecnologia e Inovação em administrações do PT, já respondeu a inquérito por tráfico de influência e obstrução de Justiça. 

 

Gleisi Hoffmann, que hoje é presidente do PT, responde a inquérito por corrupção em contrato do antigo Ministério do Planejamento, aponta o levantamento. 

 

A lista tem também senadores do MDB como Renan Calheiros e Simone Tebet e outros nomes associados à era petista como Gulherme Boulos (Psol), Márcio França (PSB), André Janones (Avante), Manuela D’Ávila (PCdoB), Paul Okamotto, Carlos Minc etc etc.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MILEI PROÍBE O USO DA LINGUAGEM NEUTRA NA ARGENTINA

O porta-voz da Presidência argentina, Manuel Adorni, afirmou nesta terça-feira (27) que o presidente Javier Milei decidiu proibir a linguage...