6 de maio de 2022

PRESIDENTE BOLSONARO ENTREGA TRECHO DE OBRA DA VERTENTE LITORÂNEA DA PARAÍBA

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta quinta-feira (5), as obras do lote 1 da Vertente Litorânea da Paraíba. O evento ocorreu na cidade de Itatuba (PB) e contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro Daniel Ferreira e de outras autoridades. 



Durante a cerimônia, o presidente Jair Bolsonaro reforçou que garantir água nas residências das pessoas é possibilitar a emancipação do semiárido brasileiro. “Entendemos que, para vocês, isso realmente traz aquilo que se assemelha a uma liberdade. Ninguém mais precisa ficar dependendo de quem quer que seja para ter água na sua casa”, destacou. 



O ministro Daniel Ferreira apontou que a água é o fio condutor de todas as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional. “Água no seu conceito básico significa vida, significa fomentar as cadeias produtivas, significa geração de emprego, significa desenvolvimento e, para o semiárido nordestino, significa reduzir a dependência do carro pipa e emancipar a população”, afirmou.


 
A Vertente Litorânea é um sistema adutor com 130,63 quilômetros de extensão, constituído por 15 segmentos de canais com seção trapezoidal; cinco trechos em sifões invertidos, em tubulações de aço, que cruzam vales de rios e córregos; e sete aquedutos. A infraestrutura tem por finalidade integrar bacias hidrográficas da Paraíba com as águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, visando atender demandas prioritárias do consumo humano e do uso industrial, bem como os projetos de irrigação a serem implementados. 

 

Moradora de Itatuba, a aposentada Maria José da Silva comemorou a entrega da obra. “Para nós, foi uma grande emoção. Porque estávamos realmente precisando de água tratada. Água é vida, sem ela nós não somos ninguém. Esta água aqui vai nos ajudar muito, não teremos mais que pegar no rio”, comentou.



Os investimentos totais para a Vertente Litorânea estão orçados em R$ 1,41 bilhão, sendo R$ 1,2 bilhão do Governo Federal e o restante de contrapartida do estado. Serão beneficiados diretamente os seguintes municípios da mesorregião do Agreste paraibano: Itatuba, Mogeiro, Itabaiana, São José dos Ramos, Sobrado, Riachão do Poço, Sapé, Mari, Cuité de Mamanguape, Araçagi, Itapororoca e Curral de Cima. De forma indireta, serão 39 cidades beneficiadas, com um total de 680 mil habitantes.

 

 

O Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco tem 217 quilômetros de extensão, está em operação desde 2017 e abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 cidades de Pernambuco e da Paraíba. Conta com seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, um túnel, uma galeria e 12 reservatórios que estão em pré-operação – fase de verificação dessas estruturas e dos equipamentos eletromecânicos.

0 comentários:

Postar um comentário