8 de janeiro de 2022

LUIZ ALMIR CHAMA IVETE SANGALO DE "VAGABUNDA" APÓS ATO CONTRA BOLSONARO EM SHOW

Depois de incentivar o público a gritar mais alto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), a cantora Ivete Sangalo passou a receber uma série de críticas dos apoiadores do chefe do Executivo. Uma das mais recentes veio do radialista e apresentador Luiz Almir, da Rádio 96 Fm de Natal/RN.  
 

 

"Ela foi paga para cantar", diz ele em tom forte. Em seguida completa que a crítica não é porque os gritos eram de 'Fora Bolsonaro' e que poderiam ser direcionados a qualquer um. "Ninguém tem o direito de cantar, juntar o povo, que paga para ver o show de uma mulher que já está em decadência, velha, feia, frouxa. E a vagabunda ainda fica mandando a maior autoridade do país tomar no c*", diz em seguida.

 

 

Após receber alta do hospital nesta quarta-feira (05) — depois de passar por exames em razão de uma obstrução intestinal — o presidente Jair Bolsonaro criticou a atitude da artista. "Estamos mexendo na Lei Rouanet. Nós queremos a Lei Rouanet para atender aquele artista que está começando a carreira e não para figurões ou figuronas como a querida Ivete Sangalo", disse ele em coletiva de imprensa.

 

 

Outras críticas a artista vieram do ator Mario Frias — que desde de junho de 2020 comanda a Secretaria Especial da Cultura, do governo de Jair Bolsonaro. Pelo Twitter, o ator chamou Ivete de "animadora de militante esquerdista" e disse que ela "é escrava dos caprichos da elite artística arrogante".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MILEI PROÍBE O USO DA LINGUAGEM NEUTRA NA ARGENTINA

O porta-voz da Presidência argentina, Manuel Adorni, afirmou nesta terça-feira (27) que o presidente Javier Milei decidiu proibir a linguage...