6 de janeiro de 2022

‘GREVE CAVIAR’ PROVOCA FILA DE CERCA DE 200 CAMINHÕES NA FRONTEIRA COM A VENEZUELA

A “greve caviar” de auditores da Receita Federal já provoca uma fila que pode chegar a duzentos caminhões parados na alfândega de Pacaraima (RR), As informações são da imprensa local. 

 

Para decretar a greve, os servidores da Receita, que estão entre os mais bem pagos do Pais, alegam insatisfação com o Orçamento da União de 2022, que não prevê para eles mais um aumento.

 

Grande parte dos produtos de consumo doméstico na Venezuela são fornecidos pelo Brasil. Os prejuízos causados aos exportadores e ao Brasil chegam a R$25 milhões ao dia somente nesse posto da alfândega.
 
 
Atualmente, na Inspetoria da Receita em Pacaraima, são contabilizadas cerca de 100 carretas transportadoras por dia. O fechamento desta fronteira acarreta em grande impacto à economia e abastecimento do país.
 
 
Esses caminhões transportam remédios e mercadorias como arroz, feijão, farinha de trigo, açúcar, café, macarrão, detergente e sabão em pó. Além de medicamentos, bebidas e matérias primas para indústrias, que também estão parados. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATO PRÓ-BOLSONARO É DESTAQUE NA IMPRENSA INTERNACIONAL

A manifestação convocada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), ocorrida na Avenida Paulista (SP), neste domingo (25), teve repercussão n...