8 de dezembro de 2021

'QUE SEJA CONDENADO A MUITOS ANOS', DIZ IRMÃ DE VÍTIMA DE ESTUPRO E HOMICÍDIO NO RN

A prisão de um homem de 31 anos apontado pela Polícia Civil como o responsável pelo estupro e assassinato da auxiliar de produção Cícera Vera Lúcia de Alencar Paiva, na Grande Natal, trouxe "alívio" para a família da vítima.

 

 

"A gente espera que a justiça seja feita. E que a justiça reveja as leis, porque um cara com os indícios que tinha não poderia estar solto. O que a gente quer é que ele continue preso e que ele seja condenado a muitos anos de cadeia", ressaltou a dona de casa Cleane Alencar, irmã de Cícera.

 

 

A agricultora Rita de Paiva Chaves lamentou a morte da filha e também espera que o suspeito continue preso. "Ele já tinha cometido esse crime duas vezes. Se ele sair, vai fazer com outras pessoas", comentou.

 

Fonte: G1/RN.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MILEI PROÍBE O USO DA LINGUAGEM NEUTRA NA ARGENTINA

O porta-voz da Presidência argentina, Manuel Adorni, afirmou nesta terça-feira (27) que o presidente Javier Milei decidiu proibir a linguage...