11 de novembro de 2020

GENRO DE CASTOR DE ANDRADE É EXECUTADO A TIROS DE FUZIL AO DESCER DE HELICÓPTERO NO RJ

Fernando Iggnácio de Miranda, genro e herdeiro do contraventor Castor de Andrade, foi executado nesta terça-feira (10) no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. 

 

 


 

Depois de voltar de Angra dos Reis, na Costa Verde, de helicóptero, Iggnácio foi atingido por vários tiros na cabeça em uma emboscada, no momento em que caminhava em direção ao carro, ao lado da empresa Heli-Rio. Segundo as primeiras informações, os tiros foram de fuzil 556. 

 

 

Ao longo da tarde desta terça, peritos analisaram o muro do estacionamento do heliponto - um ponto próximo a uma churrasqueira, onde o corpo de Iggnácio estava. Um terreno baldio também é colado ao heliporto. Imagens de câmeras de segurança foram recolhidas no heliporto. 

 

 

A hipótese investigada é que um único atirador tenha fugido pelo terreno na Rua Serviente 6, quadra M, lote 3, paralela à Avenida das Américas, onde fica o heliporto. Uma escada foi achada no local. 

 

 

A polícia também tenta conseguir imagens de câmeras que tenham registrado a fuga dos assassinos.

 

0 comentários:

Postar um comentário