1 de setembro de 2020

CÂMARA VAI REATIVAR CONSELHO DE ÉTICA PARA ANALISAR CASO DA DEPUTADA FLORDELIS

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu nesta terça-feira (1º) reabrir o Conselho de Ética para analisar o caso da deputada Flordelis (PSD-RJ). O Conselho, como as comissões deliberativas do Congresso, foi fechado na pandemia.

 

 

A deputada é ré em um processo que apura o assassinato do seu marido, o pastor Anderson do Carmo. Ela é acusada de ser mandante do crime.

 

 

Em reunião nesta manhã com o presidente da Câmara , Rodrigo Maia (DEM-RJ), os integrantes da Mesa assinaram um projeto de resolução para permitir a reabertura do Conselho de Ética e outras três comissões: Comissão de Constituição e Justiça, Finanças e Tributação e Fiscalização e Controle.

 

 

O projeto precisa passar pelo plenário, mas os partidos já decidiram que vão aprová-lo. Em entrevista no início da tarde, Maia disse que pretende colocar o requerimento em votação ainda nesta terça.

 

 

O caso da deputada agora será encaminhado à corregedoria da Câmara, que fará um relatório e depois o submeterá à análise da Mesa Diretora. Na sequência o caso devera ser encaminhado ao Conselho de Ética.

 

 

Em razão da gravidade, o processo contra a deputada deve ser o primeiro a ser analisado.

 

 

Depois de notificada, a deputada terá 10 dias para apresentar sua defesa por escrito.

 

0 comentários:

Postar um comentário