22 de julho de 2020

POR SUSPEITA DE FRAUDE NO BENEFÍCIO CAIXA BOQUEOU 51% DAS CONTAS DIGITAIS


O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, disse nesta quarta-feira (22) que 51% das contas bloqueadas pelo banco foram por suspeita de fraude no Auxílio Emergencial. No caso das demais, houve inconsistência cadastral. 



A suspeita de fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial levou a Caixa a bloquear 'centenas de milhares' de contas poupança digital do banco, movimentadas pelo Caixa Tem e usadas para o crédito do benefício. 



De acordo com Guimarães, a maioria das contas bloqueadas foram utilizadas por hackers, que se aproveitaram da liberação para utilizar um mesmo celular para cadastrar vários pedidos do Auxílio Emergencial. Ele ressaltou, no entanto, que pessoas honestas também foram penalizadas pela medida de bloqueio.



O Ministério da Cidadania informou que 1.303.127 milhão de CPFs foram enviados à Caixa para para bloqueio e realização de uma verificação detalhada por suspeita de fraudes. Não é possível ainda afirmar que esses CPFs sejam considerados cancelados ou inelegíveis para receber o benefício.

0 comentários:

Postar um comentário