25 de março de 2020

“VIVA”! DESEMBARGADOR DERRUBA DECISÃO QUE DETERMINAVA 'BARREIRA SANITÁRIA' CONTRA O CORONAVÍRUS NO AEROPORTO DE NATAL


O desembargador Paulo Cordeiro, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, derrubou uma decisão liminar da Justiça Federal que determinava que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) implantasse uma barreira sanitária e de inspeção de voos nacionais e internacionais no Aeroporto de Nata. O objetivo era tentar reduzir a contaminação do novo coronavírus - o Covid-19 no Rio Grande do Norte. 




O magistrado acatou um recurso da União no final da tarde desta terça-feira (24). Com isso, foi cancelada a barreira sanitária que começaria a partir desta quarta-feira (25), em um voo de Guarulhos, com uma ação conjunta entre a Anvisa, Suvisa e a Vigilância Sanitária do município de São Gonçalo do Amarante (Visa). O agravo de instrumento encerrou a reunião que planejava os preparativos para a ação. 




“Após fecharmos toda programação da operação fomos surpreendidos pelo agravo de instrumento derrubando a decisão judicial que havia determinado a ação em conjunto. Diante disso, fomos impedidos de executar a ação, apesar de estarmos com tudo pronto. Vamos agora aguardar outras deliberações judiciais”, explicou a subcoordenadora de Vigilância Sanitária do Estado, Leila Maria Ramos Mattos. 




Do Blog: Aonde deveria ter vigilância e precaução, a justiça fica “brigando”, e o povo é quem fica com a responsabilidade de resolver o problema. Êita Brasil!

0 comentários:

Postar um comentário