14 de setembro de 2019

JUSTIÇA NÃO CONDENOU NENHUM DESMATADOR DA AMAZÔNIA INVESTIGADO PELO MPF NOS ÚLTIMOS 05 ANOS


Segundo procuradores do Ministério Público Federal (MPF), nenhum grande desmatador investigado pela força-tarefa da Amazônia foi condenado pela Justiça nos últimos cinco anos. O combate ao desmatamento ilegal na Amazônia teve dez grandes operações de 2014 até hoje. 









De acordo com o procurador Daniel Azeredo, o prejuízo com crimes ambientais no Brasil chega a R$ 9 bilhões. O cálculo leva em conta os dados de desmatamento registrados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o valor de mercado das terras devastadas. 




Para Azeredo, a impunidade é o que estimula a prática de crimes na Amazônia. Além disso, as penas para esse tipo de crimes são consideradas baixas e não levam ao regime fechado de prisão.

0 comentários:

Postar um comentário