5 de fevereiro de 2019

COVARDE QUE MATOU EX-MULHER COM MAIS DE 50 FACADAS É PRESO NA PB


O homem suspeito de matar a ex-companheira com mais de 50 facadas em Campina Grande foi preso na manhã desta terça-feira (5). De acordo com o delegado da Polícia Civil, Francisco de Assis, Ednaldo de Araújo Barbosa, conhecido por Nino, se apresentou com uma advogada na Central de Polícia Civil da cidade e alegou que matou a vítima por causa de uma traição. "Ela me traiu, todo mundo do bairro sabia", disse o suspeito. 





Segundo o delegado, já havia um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra Ednaldo. Ele é suspeito de matar a ex-companheira Luciana Buriti Ferro, de 23 anos, que morreu no hospital na madrugada do dia 31 de janeiro deste ano, após ser atingida por mais de 50 facadas pelo homem na casa dele, na noite do dia 30, no bairro da Catingueira. 





Segundo o delegado, o homem estava escondido em um matagal próximo ao Condomínio Major Veneziano, no mesmo bairro onde aconteceu o crime. Ednaldo alegou que no dia do crime estava bebendo com os amigos e, por causa de uma traição da mulher, foi incentivado a matar a ex-companheira.

0 comentários:

Postar um comentário