26 de fevereiro de 2019

BEBIDA ALCOÓLICA ADULTERADA MATA MAIS DE 150 PESSOAS NA ÍNDIA

A polícia indiana anunciou no domingo (24) que mais 58 pessoas morreram na região nordeste do país depois de consumir uma bebida alcoólica adulterada, elevando o caso de envenenamento em massa a 156 vítimas fatais. 









Ao menos 200 pessoas permanecem hospitalizadas. A tragédia aconteceu menos de duas semanas depois de um caso idêntico, que provocou 99 mortes no norte do país. 





O balanço da tragédia pelo álcool adulterado subiu para 85 mortos no distrito de Golaghat e a 71 no distrito vizinho de Jorhat, no estado de Assam, anunciaram no domingo as autoridades locais. "Dez pessoas foram detidas. Enviamos amostras do líquido a um laboratório e estamos esperando o relatório", afirmou à AFP o comandante de polícia Mukesh Agarwala. 





As vítimas começaram a demonstrar os sintomas na quinta-feira (21) à noite, depois que consumiram o álcool produzido clandestinamente. Muitas pessoas intoxicadas, incluindo várias mulheres, trabalhavam em plantações de chá da região. 





Os médicos informaram que as vítimas foram hospitalizadas com fortes vômitos, sem ar e com dores intensas no peito. O governador do estado de Assam, Sarbananda Sonowal, ordenou uma investigação. A polícia anunciou no sábado (23) a detenção de um homem que vendia álcool adulterado e de dois fiscais, que não adotaram as medidas adequadas antes da comercialização da bebida.

0 comentários:

Postar um comentário