28 de janeiro de 2019

VIVALDO LEMBRA QUE SUA LUTA PELA PASSAGEM DAS TRAÍRAS É CONSTANTE E QUE RN PRECISA SE UNIR PARA RESOLVER PROBLEMA DA BARRAGEM

Apresentando desagregação do concreto no maciço rochoso na ombreira direita a Barragem Passagem das Traíras está entre os cinco reservatórios com risco de desabar no Rio Grande do Norte. O estudo que aponta o problema faz parte de um relatório de 2017 da Agencia Nacional de Águas (ANA). Preocupado com a situação do manancial que integra a bacia do Rio Piranhas-Açu, o deputado Vivaldo Costa (PSD) já apresentou diversos pedidos na Assembleia Legislativa e se reuniu com várias autoridades alertando o problema e cobrando soluções urgentes. O último encontro aconteceu já com o novo Secretario do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do RN, João Maria Cavalcanti, na semana passada. O parlamentar renovou o apelo e demonstrou sua preocupação. 






 
O Papa Jerimum tratou do assunto também com a governadora, na visita que fez ao legislativo Potiguar. “Quando Fátima se elegeu, antes de assumir, foi fazer uma visita de cortesia na Assembleia Legislativa, pedi desculpas porque era uma visita de cortesia, mas eu tinha um assunto urgente para falar com ela. Pedi a Fátima: governadora priorize a restauração da parede Barragem Passagem das Traíras”.





 
Vivaldo disse que está programada uma reunião com os deputados e a governadora Fátima Bezerra, quarta-feira (30). Mesmo sabendo que a pauta é outra fará questão de conversar, mais uma vez, sobre o risco que a barragem enfrenta. “Esse caso que estamos vendo em Minas Gerais, dói no coração de todo mundo, mas poderá servir de reforço, alerta, para que aconteça uma união e o governo encontre uma maneira de resolver esta situação da nossa Passagem das Traíras”.
 





A Barragem Passagem das Traíras é uma das mais importantes do Rio Grande do Norte. Situada nos limites dos municípios de São José do Seridó, Jardim do Seridó e Caicó. Ela é o quarto maior reservatório da região do Seridó. Seu nome faz referência a um peixe comum na caatinga, a traíra. Quando cheia a barragem é utilizada para abastecimento de água para a zona urbana de Jardim do Seridó e zona norte de Caicó; irrigação, defesa contra as cheias, atividades recreativas e criação de peixes.

0 comentários:

Postar um comentário