22 de agosto de 2018

FERNANDO HADDAD VIRA RÉU EM AÇÃO DE IMPROBIDADE POR IRREGULARIDADE EM CICLOVIA

A Justiça de São Paulo aceitou uma ação de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público contra o candidato a vice-presidente pelo PT e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, por irregularidade na construção de trecho de ciclovia na capital paulista. 




Além de Haddad, três pessoas e a empresa que construiu a ciclovia se tornaram rés. 




Os promotores Nelson Sampaio e Marcelo Milani apontaram no inquérito civil "diversas irregularidades nas obras de implantação das ciclovias do município de São Paulo, denominada 'Operação Urbana Consorciada Faria Lima'". 




Segundo o documento, foram violadas as normas do direito público na implementação do trecho de ciclovia Ceagesp-Ibirapuera, com extensão de 12,4 quilômetros. 




Por meio de nota, a assessoria de Fernando Haddad afirmou que, no despacho, o próprio juiz cita as medidas tomadas pelo ex-prefeito, via Controladoria Geral do Município, como argumento para afastar culpa ou dolo. A nota afirma, ainda, que o juiz diz que o ex-prefeito, ao criar a Controladoria, dava sinais de que não tinha qualquer intento ilegal.

0 comentários:

Postar um comentário