16 de março de 2018

ASSASSINO DE "MÁRIO DO MANHOSO" PEGA POUCO MAIS DE 12 ANOS DE PRISÃO

O Tribunal do Júri, reunido em Jardim de Piranhas na tarde dessa quinta-feira, (15), condenou a 12 anos; 4 meses e 15 dias de reclusão, o paraibano Edilson Teixeira da Silva, autor do crime que tirou a vida do vaqueiro caicoense, Mário Pacífico ou "Mário do Manhoso", fato ocorrido no dia 10 de janeiro de 2015.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
À época do crime, Mário teria ido ao sítio em que Edilson Teixeira trabalhava para cobrar uma dívida, a qual recusou-se a pagar. Mário teria avisado ao criminoso que ia ao seu encontro, feito isto, ao chegar, foi covardemente morto pelo paraibano, que apareceu de repente com uma arma de fogo em punho e se pôs a atirar.
 
 
 
 
 
Do Blog: Matam por nada, haja vista a impunidade. Dos mais de 12 anos, se for "bem comportado", vai ficar preso por menos de 04 anos. A vítima é quem ficou presa eternamente.
 
 
 

0 comentários:

Postar um comentário