20 de janeiro de 2018

SEGURANÇA DE PRÉDIOS E JUÍZES SERÁ REFORÇADA PARA JULGAMENTO DE LULA

Após participar do ato de formalização da construção do novo presídio federal de segurança máxima no Rio Grande do Sul, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, se reuniu com o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador Thompson Flores, em Porto Alegre, na tarde desta sexta-feira (19).
 
 
 
 
 
 
 
 
Eles conversaram sobre as manifestações previstas e o esquema de segurança que será montado para quarta-feira (24), dia do julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo do triplex.
 
 
 
 
 
A reunião entre o ministro e o desembargador foi marcada após Torquato ouvir de juízes que os três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal vêm recebendo ameaças pela internet, telefone e cartas. Torquato quis saber detalhes do assunto. No entanto, nada de concreto até agora foi apurado para que se tome alguma medida específica, informou o ministro.
 
 
 
 
 
Além da Brigada Militar, 130 agentes da Força Nacional vão reforçar o efetivo para o dia julgamento. Também haverá homens da Polícia Rodoviária Federal (PRF) monitorando as estradas de acesso ao estado.
 
 
 
 
"E a PF seja com serviço de inteligência, seja com a presença de agentes federais, tanto no perímetro externo quanto dentro do Tribunal", informou o ministro.

0 comentários:

Postar um comentário