30 de janeiro de 2018

EX-JOGADOR WARLEY DIZ À POLÍCIA QUE FOI VÍTIMA DE FACADAS AO REAGIR A ROUBO

O ex-jogador Warley Santos foi ouvido pela Polícia Civil nesta segunda-feira (29) e disse ter reagido a um assalto, na madrugada da sexta-feira (26), quando sofreu três facadas, no bairro Manaíra, em João Pessoa. O delegado Diego Garcia foi ao hospital onde ele está internado, por volta das 15h (horário local), falou com o ex-jogador da Seleção Brasileira, Grêmio, São Paulo, Palmeiras e atual dirigente do Botafogo da Paraíba.
 
 
 
 
 
O delegado de roubos e furtos da capital paraibana disse  que o ex-jogador afirmou ter passado a noite bebendo. Quando estava no carro em uma rua de Manaíra, Warley foi abordado por uma pessoa.  "Ele disse que uma pessoa entrou no carro e roubou seu celular. Depois disso, Warley saiu do carro no sentido de reaver o celular e foi esfaqueado três vezes", contou Diego Garcia.
 
 
 
 
 
Inicialmente, Warley foi levado para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Em seguida, foi transferido para um hospital particular. Ele passou por nova cirurgia e recebeu alta da UTI no domingo (28), no hospital particular Nossa Senhora das Neves (HNSN). O ex-atleta reagiu bem após procedimento cirúrgico nos pulmões, na tarde do sábado (27).
 
 
 
 
 
 
Conforme boletim da unidade de saúde, divulgado no final da manhã desta segunda-feira (29), após a segunda cirurgia Warley está internado em um dos quartos da unidade e já iniciou os trabalhos de fisioterapia para ajudar na recuperação da capacidade respiratória.
 
 
 

0 comentários:

Postar um comentário