30 de janeiro de 2018

COMANDO DA PM DO RN RECOMENDA QUE POLICIAIS REDOBREM CUIDADOS NOS MOMENTOS DE FOLGA

O Comando da Polícia Militar emitiu nesta terça-feira, (30), orientações sobre como o policial deve se portar em horário de folga no Rio Grande do Norte. A medida decorre do registro cinco policiais assassinados apenas no mês de janeiro.
 
 
 
 
 
Segundo o comandante geral da corporação, Coronel Osmar José Maciel de Oliveira, a comunicação foi transmitida a todos os batalhões da polícia militar no estado. A partir de agora, os praças e oficiais devem redobrar a atenção nos momentos de lazer, evitando espaços com grande aglomeração de pessoas.
 
 
 
 
Na manhã desta terça-feira, no Comando Geral da Polícia Militar, no bairro do Tirol, zona Leste de Natal, o Coronel Osmar José Maciel de Oliveira falou com a imprensa sobre os casos de violência envolvendo policiais militares. Somente em janeiro, cinco agentes de segurança foram mortos – todos estavam fora do horário de serviço.
 
 
 
 
De acordo com o comandante geral, os agentes de segurança também devem avaliar o momento de reagir, considerando a preservação da vida. “É preciso, devido à nossa característica funcional, adotarmos certas cautelas. No momento que o policial está no horário de folga, ele pode ser alvo da violência ao ser identificado por um criminoso. Além de policiais, somos cidadãos. É necessário que possamos adotar certos comportamentos para termos um respaldo maior para a nossa segurança”, afirma o comandante da PM.
 
 
 
 
A quantidade de morte de policiais em janeiro acendeu o “sinal de alerta” em toda a corporação. Nunca tantos agentes de segurança foram mortos em tão pouco tempo no Rio Grande do Norte. Em todo o ano de 2017, foram 17 policias mortos. Já em 2016, a contagem foi de seis policiais militares assassinados.
 
 
 
 
 
Além da cautela nos horários da folga, a corporação iniciou, também, uma série de ações para coibir a criminalidade. Segundo o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Zacarias Mendonça, além do contingente regular, foram deslocados policiais extras para atuar no patrulhamento ostensivo e na abordagem de indivíduos em conduta suspeita por toda a capital e região metropolitana. “Iremos intensificar a nossa atuação para coibir a criminalidade”, ressalta.
 
 
 
 
Coronel Zacarias Mendonça informou, ainda, que somente nesta terça-feira já foram apreendidas seis armas, sete pessoas foram presas (porte ilegal de arma) e outros dois foragidos foram recapturados, além de efetuarem a apreensão de seis adolescentes.

0 comentários:

Postar um comentário