13 de setembro de 2017

BATALHA JUDICIAL EM TORNO DE SELFIE DE MACACO CHEGA AO FIM APÓS ACORDO

Um fotógrafo e uma organização de defesa dos animais chegaram a um acordo para encerrar uma batalha judicial envolvendo a famosa foto de um macaco chamado Naruto.
 
 
 
 
O acordo foi fechado entre o fotógrafo David Slater e advogados da organização Pessoas pelo Tratamento Ético de Animais (Peta), que representavam o macaco. A disputa pelos direitos autorais abrangia um conjunto de fotografias, que incluem a famosa selfie do macaco, utilizada inúmeras vezes por meios de comunicação e nas redes sociais.
 
 
 
 
Os ativistas defendiam que os direitos das imagens pertenciam ao macaco Naruto, uma vez que o próprio animal as teria registrado com a câmera do fotógrafo. Com o acordo, Slater concordou em doar 25% dos rendimentos futuros obtidos com as fotografias para instituições de caridade dedicadas à proteção de espécies do gênero Macaca na Indonésia, onde a selfie foi tirada.
 
 
 
 
Ambas as partes concordaram em encerrar o litígio num tribunal de apelação. A batalha judicial foi iniciada quando a Peta entrou com um processo contra Slater há dois anos. Uma corte havia decidido em primeira instância a favor do fotógrafo, levando a organização ambientalista a apresentar um recurso.

0 comentários:

Postar um comentário