20 de julho de 2017

MAIS DE 200 MIL FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS TÊM SALÁRIOS ATRASADOS HÁ DOIS ANOS

Duzentos e cinco mil funcionários públicos estaduais do Rio de Janeiro ainda não receberam os salários de maio e junho. Eles convivem com atrasos há quase dois anos. Até esta quinta (20), o governo do estado não pagou o décimo terceiro salário dos servidores. Somente funcionários da educação e da segurança pública vêm recebendo os salários, mas com atraso. Só que as contas chegam em dia, os juros se acumulam e as dívidas também.
 
 
 
 
 
 
 
 
"Quando tem a data do pagamento, eu tenho que ir ao caixa eletrônico várias e várias vezes para saber se o dinheiro tá na conta, da educação. Eu tenho que ver a boa vontade do governo me pagar", diz a professora Eliane Farias Dantas.
 
 


A boa vontade e a solidariedade é que vem ajudando mais de 205 mil servidores - quase metade dos ativos, aposentados e pensionistas  - que estão com os pagamentos de maio e junho atrasados.
 
 
 
 
A cesta básica de parentes e amigos doada com alimentos e produtos de limpeza é um alento quando a conta bancária tá no vermelho e a família acabou de crescer. É o caso da Wanessa, que é servidora pública da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia O último pagamento que ela recebeu foi em maio - e incompleto.
 
 
 
 
 
E assim vão vivendo os servidores do estado do Rio. Se equilibrando na corda bamba, cortando gastos, pedindo ajuda, buscando alternativas para conseguir pagar contas. O que mais a gente encontra hoje em dia é funcionário estadual trabalhando em dobro, fazendo bicos para - pelo menos - ter uma renda certa  - já que o salário não tem data para chegar.

0 comentários:

Postar um comentário