30 de junho de 2017

TEMER ACENA COM NOVA CONTRIBUIÇÃO, E CENTRAIS ESVAZIAM GREVE

O presidente Michel Temer acenou com a criação de um novo mecanismo de financiamento para as centrais sindicais. Essa medida deve substituir a contribuição sindical, que será extinta na reforma trabalhista. Esse aceno pesou na decisão de importantes centrais sindicais, como Força Sindical e UGT, que desembarcaram da convocação de greve geral feita pela CUT e movimentos sociais nesta sexta-feira (30).
 
 
 
 
Esse aceno pesou na decisão de importantes centrais sindicais, como Força Sindical e UGT, que desembarcaram da convocação de greve geral feita pela CUT e movimentos sociais, como frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular.
 
 
 
 
Entre as medidas propostas, está um novo mecanismo de financiamento baseado na representatividade sindical.
 
 
 
 
As centrais sindicais estão em desacordo sobre a mobilização desta sexta-feira desde a semana passada. Tanto que desistiram de chamar a mobilização de greve geral, passando a se referir ao evento como dia de greve e protestos.
 
 
 
Do Blog: Os sindicatos "brigando" pela sua "fatia do bolo". Só sobra para o contribuinte, mas o povo quer assim!

0 comentários:

Postar um comentário