31 de maio de 2017

PILOTO BRASILEIRO É PRESOS EM AÇÃO CONTRA TRÁFICO AÉREO NO PARAGUAI

Um piloto brasileiro está entre os presos durante a operação Pulp Fiction, da Polícia Nacional do Paraguai, que desarticilou um centro de operações aéreas do PCC. Outro preso foi o operador logístico, também suspeito de participar do esquema.
 
 
 
 
 
A estrutura da facção criminosa era capaz de operar média de 20 voos mensais com remessas de droga desde a Bolívia até Brasil e Europa, totalizando cerca de 5 toneladas de cocaína por mês, segundo apurado pela Polícia Nacional do Paraguai.
 
 
 
 
 
Na segunda-feira (29), a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) apreendeu 513 quilos de cocaína em uma pista de voo clandestina em Bella Vista do Norte. A tripulação da aeronave que seria responsável pelo transporte da droga foi encontrada no aeroporto de Pedro Juan Caballero.
Simultaneamente, os policiais também fizeram buscas em estabelecimentos rurais e escritórios ligados à investigação.
 
 
 
 
As investigações começaram há 15 meses e o principal objetivo da Senad era desmantelar o centro de operações aéreas do PCC no Paraguai, considerada a maior estrutura de tráfico aéreo do país.
 
 
 
A operação foi batizada de Pulp Fiction, em referência ao filme de mesmo nome, e teve apoio das Forças Armadas, Departamento Antidrogas dos Estados Unidos, Polícia Federal e Ministério Público e seus órgãos de inteligência.

0 comentários:

Postar um comentário