8 de março de 2017

RESTAURANTE POPULAR DE FELIPE CAMARÃO É ANUNCIADO DURANTE VILA CIDADÃ

O bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal, foi escolhido para sediar a 11ª edição do Vila Cidadã, programa que oferece serviços públicos para moradores de comunidades e bairros em situação de vulnerabilidade social.  A edição especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher foi realizada no início da tarde desta quarta-feira (8), com a participação do governador Robinson Faria e da primeira dama e titular da Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria.
 
 
 
 
 


 
 
 
No evento, Robinson Faria confirmou a construção do Restaurante Popular de Felipe Camarão, a 31ª do estado. As outras unidades estão instaladas em Mossoró, Assú, Caicó, Currais Novos, Macaíba, Pau dos Ferros, Parelhas, Areia Branca, Extremoz, Ceará-Mirim, Macau, Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, João Câmara, Parnamirim, Canguaretama, Jucurutu, Santo Antônio, Apodi, além das quatro unidades em Natal. Os próximos restaurantes inaugurados serão em São José de Mipibu e São Miguel.
 
 
 
 
 
Hoje, foram oferecidas especialmente 400 refeições para residentes do bairro. Além disso, foram distribuídas cestas de frutas e realizada distribuição de peixe. Os serviços oferecidos no Vila Cidadã por diversas secretarias de estado vão desde emissão gratuita de carteira de identidade, CPF, testes rápidos de HIV, aferição de pressão, até corte de cabelo e serviços de estética.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Para o governador Robinson Faria a iniciativa é uma das mais bem-sucedidas da gestão, sobretudo porque reflete o cumprimento de uma promessa de campanha. “Nós buscamos sempre levar os serviços do Governo do Estado para aqueles que não têm acesso, ou seja, estamos governando para os últimos, os desassistidos. Por isso mesmo, também vamos inaugurar um Restaurante Popular aqui, com refeições de qualidade por apenas R$ 1”.
 
 
 
 
 
 
A edição do Vila Cidadã de Felipe Camarão também chamou a atenção para a questão da violência contra a mulher. O bairro registra um dos maiores índices de agressão doméstica. Por esse motivo, foi reforçada no programa a importância de serem registrados boletins de ocorrência, bem como estimuladas as denúncias, anônimas ou não, através dos telefones 180, nacional, e local através do 0800 281 2336, o disque denúncia do Rio Grande do Norte.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
De acordo com a secretária Julianne Faria, os casos de violência em Felipe Camarão chamam a atenção, assim como em outras localidades. “O disque denúncia é fundamental para que nós possamos acolher a mulher de forma mais efetiva desde que seja feita uma denúncia mais profunda. Os índices de violência doméstica no nosso estado são altos e, por isso, oferecemos uma rede de atenção para que elas possam ter segurança na hora de registrar o abuso”, declarou a titular da Sethas.
 
 
 
 
 
 
Para a secretária de estado de Políticas Públicas para as Mulheres, Flávia Lisboa, a edição do Vila Cidadã veio para sensibilizar a população sobre a importância de se denunciar os crimes. “É importante dizer que para as mulheres que elas não estão sozinhas. Existe um canal de denúncia, algo que dê suporte para elas poderem seguir em frente. É importante dizer também é a violência não é apenas física, a psicológica também afeta a saúde mental delas”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário