2 de fevereiro de 2017

EUNÍCIO OLIVEIRA É ELEITO PRESIDENTE DO SENADO COM 61 VOTOS

O senador Eunício Oliveira, (PMDB-CE), foi eleito nesta quarta-feira, (1º) presidente do Senado e do Congresso Nacional para os próximos dois anos. Ele recebeu 61 votos e derrotou na eleição José Medeiros (PSD-MT), que recebeu 10 votos – outros 10 senadores votaram em branco.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pai de quatro filhos, Eunício nasceu em setembro de 1952 em Lavras da Mangabeira, município no Centro-Sul do Ceará, localizado a 400 quilômetros da capital, Fortaleza. O senador é casado com Mônica Paes de Andrade, filha do ex-deputado e ex-presidente do PMDB Paes de Andrade (que morreu aos 88 anos em 2015).
 
 
 
 
Aliado do presidente Michel Temer, Eunício Oliveira vai suceder no cargo Renan Calheiros (PMDB-AL) e controlará um orçamento de R$ 4,2 bilhões por ano.
 
 
 
 
Considerado um "político habilidoso" pelos colegas, o parlamentar passou as últimas semanas se reunindo com lideranças partidárias em busca de apoio para sua eleição.
 
 
 
 
Ele prometeu, por exemplo, ao PSDB – segunda maior bancada da Casa (12 senadores) – a presidência da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e dois assentos na Mesa Diretora: a Primeira-vice-presidência e a Quarta Secretaria.
 
 
 
 
Diante dessas negociações, o PSDB aceitou apoiar Eunício, assim como PP, PSD, PTB, DEM e PSB, entre outros.
 
 
 
 
A Mesa Diretora será composta, além do presidente Eunício Oliveira, pelos seguintes senadores:
 
 
  • 1º Vice: Cássio Cunha Lima (PSDB-PB);
  • 2º Vice: João Alberto Souza (PMDB-MA);
  • 1º Secretário: José Pimentel (PT-CE);
  • 2º Secretário: Gladson Cameli (PP-AC);
  • 3º Secretário: Antonio Carlos Valadares (PSB-SE);
  • 4º Secretário: Zezé Perrella (PMDB-MG);
  • 1º suplente: Eduardo Amorim (PSDB-SE);
  • 2º suplente: Sergio Petecão (PSD-AC);
  • 3º suplente: Davi Alcolumbre (DEM-AP);
  • 4º suplente: Cidinho Santos (PR-MT).

0 comentários:

Postar um comentário