31 de dezembro de 2016

POLÍCIA ACREDITA QUE BANHISTAS MORTOS EM PRAIA EM SP FORAM EXECUTADOS

A Polícia acredita que os dois banhistas que foram baleados e morreram na noite da última quinta-feira (29), dentro de um quiosque na praia da Enseada, em Guarujá, no litoral de São Paulo, tenham sido executados. Outras duas pessoas vítimas dos disparos sobreviveram e permanecem internadas no Hospital Santo Amaro sem previsão de alta.
 
 
 
 
 
Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas no ínicio da noite desta quinta-feira (29) (Foto: G1)
 
 
 
Segundo apurado pela reportagem, Raphael Gonçalves, de 31 anos e Tiago Silva de Araújo, de 32 anos, eram ex-policiais e estavam dentro do Quiosque 'É Show', quando foram atingidos por vários tiros. O crime aconteceu por volta das 18h40.
 
 
 
 
Testemunhas disseram que os disparos teriam partido de dois jovens que estavam com aventais brancos e armados. Justamente por isso, a polícia acredita na hipótese de execução, já que nada foi levado das vítimas ou do estabelecimento. Até o momento, ninguém foi preso.
 
 
 
Foto: Rubem Santos/Arquivo Pessoal.

0 comentários:

Postar um comentário