14 de novembro de 2016

PASTOR MORTO COM TIRO DE FUZIL AO ORAR PARA TRAFICANTES É ENTERRADO NO RJ

O corpo do pastor Marco Aurélio Bezerra de Lima foi enterrado no domingo (13), no Cemitério de Sulacap, na Zona Oeste do Rio. O pastor, de 48 anos, foi morto na sexta-feira (11) enquanto evangelizava traficantes. Um traficante teria atirado ao confundir a muleta do pastor com um fuzil. A cerimônia recebeu centenas de pessoas, apesar do dia chuvoso.
 
 
 
 
A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense está investigando o caso e ouvindo testemunhas. De acordo com o delegado titular da unidade, Giniton Lages, o crime ocorreu por volta das 16h30, perto da favela Gogó da Ema.
 
 
 
 
Mesmo abalada e emocionada com a morte do pastor, a família prometeu continuar o trabalho de evangelização iniciado por ele há 20 anos. E já fala em perdão dos criminosos.
 
 
 
 
Testemunhas contaram que o pastor ia no banco do carona de um carro, quando levou um tiro de um bandido que estava sendo evangelizado. Durante a conversa com o traficante, o pastor se abaixou pra pegar uma foto em que aparece com Playboy, um dos traficantes mais procurados do Rio, morto no ano passado.
 
 
 
 
Durante as orações, ele costumava mostrar a foto com o chefe do Morro da Pedreira que tinha se convertido à igreja evangélica antes de morrer. Nesse momento, o criminoso se assustou e fez o disparo.
 
 


O pastor estava com muletas no carro por causa de uma operação recente na perna. O bandido teria confundido as muletas com um fuzil e atirou à queima roupa na vítima. A Polícia Civil já fez uma perícia no local onde o corpo do pastor foi encontrado.

0 comentários:

Postar um comentário