4 de novembro de 2016

DEPUTADA QUE VOTOU CONTRA CASSAÇÃO DE CUNHA VIRA PROCURADORA DA CÂMARA

Integrante do grupo de dez parlamentares que votaram contra a cassação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a deputada Jozi Araújo (PTN-AP) assumiu, há cerca de duas semanas, o cargo de procuradora parlamentar da Câmara.




Na função, Jozi Araújo, em seu primeiro mandato, será responsável, por exemplo, por promover a defesa da Câmara e de deputados que entenderem que tiveram a honra ou imagem atingidas em razão do exercício do mandato.




Entre as atribuições da Procuradoria Parlamentar da Câmara também está pedir, via Ministério Público ou Advocacia-Geral da União, reparação por parte de "órgão de comunicação ou de imprensa que veicular matéria ofensiva à Casa ou a seus membros".
 
 
 
 
Ao falar sobre a relação com Eduardo Cunha, Jozi Araújo disse somente, que participou da campanha eleitoral dele à presidência da Câmara, em 2015, e de "algumas ações" ao lado do peemedebista, mas sem entrar em detalhes.

 


Questionada, então, sobre se poderia ser considerada uma aliada de Cunha,
preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, Jozi Araújo limitou-se a responder: "Participei do processo de campanha eleitoral assim como 370 parlamentares participaram".

0 comentários:

Postar um comentário