25 de outubro de 2016

ATAQUE EM ACADEMIA DE POLÍCIA DEIXA 62 MORTOS NO PAQUISTÃO

Familiares de vítima choram após ataque que deixou dezenas de mortos em Quetta, no Paquistão, nesta terça-feira (25) (Foto: Arshad Butt/ AP)
Pelo menos 62 pessoas morreram nesta terça-feira (25) e mais de 100 ficaram feridas no ataque contra um centro de treinamento da polícia na cidade de Quetta, no oeste do Paquistão. Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque.

 No ataque morreram 59 pessoas da academia da polícia, além dos três terroristas, e outras 100 ficaram feridas.
 
 
 
 
O ataque começou quando um grupo de terroristas entrou nas instalações policiais pouco antes da meia-noite e começou um tiroteio com as forças de segurança que durou cerca de cinco horas.
 
 
 
Três terroristas levavam coletes com bombas e que dois deles ativaram os explosivos que carregavam.
 
 
Os terroristas pertenciam ao grupo insurgente sunita Lashkar-e-Jhangvi e que estavam em comunicação com o Afeganistão durante o ataque.
 
 
O Baluchistão é palco habitual de ataques de grupos separatistas, milícias islamitas e redes criminosas que atuam em todo o país.
 
 

0 comentários:

Postar um comentário