5 de setembro de 2023

“VIVA”! PRESO EM FLAGRANTE SERÁ INDENIZADO POR ‘DEMORA’ NA SOLTURA

O Estado de Minas Gerais terá que indenizar em R$15 mil um homem, preso em flagrante por furto, que teve a soltura atrasada em nove dias. O detento conseguiu um habeas corpus no Tribunal de Justiça de MG, mas não foi imediatamente colocado em liberdade. 

 

A decisão, unânime, é da Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis em Uberaba. O relator do caso, juiz Marcelo Geraldo Lemos, entendeu que houve uma sucessão de erros que acabou atrasando a soltura. 

 

O réu foi preso em flagrante em fevereiro de 2020 por furto. Em 15 de abril, o homem conseguiu um habeas corpus no TJMG, mas a soltura só ocorreu em 23 de abril. 
 
 
Do Blog: Essa nossa justiça é uma "piada"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TRAGÉDIA! ACIDENTE ENTRE VAN DE ESTUDANTES E TRATOR DEIXA MORTOS NO SERTÃO DA PB

Um acidente entre uma van, que transportava estudantes, e um trator, na noite desta segunda-feira (22), deixou ao menos duas pessoas mortas,...